Scifiworld

Imaginem uma espiral, uma que nunca mais acaba, num movimento continuo. Eterna. Passado algum tempo chegamos à conclusão que nada vai mudar. É sempre o mesmo nada. Pronto. “Rasen” é isto, quase sem variação que justifique o facto de ser a sequela de “Ringu”, o filme que arrepiou pessoas por esse mundo fora e as fez ter medo de raparigas com cabelos compridos de cor azeviche, sobretudo se, se chamarem Sadako.

Sunday, 01 July 2012 00:00

Sadako. Desde o primeiro filme, há 14 anos, que este nome é sinónimo de morte. O seu perfil não apresenta uma única característica redentora. Quando muito, o longo vestido branco significando pureza, parece deslocado e só contribui para aumentar a sensação de desconforto e desconcerto. A única característica que poderia talvez suavizar o facto de Sadako ser um espírito vingativo é um passado trágico. Eis que, três filmes depois e, 30 anos antes do início da maldição é-nos apresentada uma Sadako (Yukie Nakama) jovem, aspirante a actriz que pretende deixar para trás os traumas de criança. Ela é a “Sadako” que conhecemos desde o primeiro momento, vestido roupas que escondem conscientemente as formas femininas, a imagem de marca do cabelo a cobrir o rosto (belo, já agora), uma postura corporal de um ser indefeso e uma timidez penosa. A sua introversão e afectação leva a que seja considerada uma estranha pela equipa da companhia de teatro e a vítima ideal dos rufias.

Saturday, 30 June 2012 01:00

No final dos anos 90, numa época em que terror já vira melhores dias, uma cassete VHS e uma rapariguinha despenteada foi tudo quanto bastou. “Ringu”, tinha apresentado ao mundo o “onryo”, ou o espírito que retorna ao mundo dos vivos para se vingar das ofensas cometidas contra si em vida.

Thursday, 28 June 2012 23:30
Thursday, 14 June 2012 15:30
Sunday, 03 June 2012 22:00
Monday, 21 May 2012 18:53
Saturday, 21 April 2012 15:44

Mais Vistos

 

C/ Celso Emilio Ferreiro, 2 - 4°D
36600 Vilagarcía de Arousa
Pontevedra (España)

Redacción: 653.378.415

[email protected]

Copyright © 2005 - 2021 Scifiworld Entertainment - Desarrollo web: Ático I Creativos